segunda-feira, 14 de maio de 2012

Quando o amor não chega...


Ao ler esta história no shiuuuu, relembrei que o amor não chega, não chega amar alguém. Às vezes o sofrimento que esse amor pode trazer é muito maior que a felicidade que pode proporcionar. Confesso que a 1ª vez que ouvi essas palavras fiquei surpreendida. Não deveria ser o amor equivalente a felicidade?! Não deveria por si só, ser o suficiente para duas pessoas estarem juntas?! Não, definitivamente não. Não chega. 

Manter um relacionamento exige uma conjugação de n factores, um deles sem dúvida o amor, mas muitas vezes acaba por não ser o que tem mais peso.

Pessoalmente, acho triste mas sei que é verdade.

Ainda que continue a acreditar no amor sei que por si só não chega. A vida e as pessoas provaram-me isso. 




 

6 comentários:

Lia disse...

Tive um namorado há uns anos, que amava... Nossa senhora, se o amava... Mas muitas vezes discutiamos (por coisas estupidas), e quando as coisas estavam prestes a descambar ele dizia-me "mas eu amo-te"... E a minha resposta sempre foi: "So amar não chega!"
É triste, mas é verdade...

Lilith disse...

Lia - Conheço a sensação. Devia chegar, mas a verdade é que não chega.
E como disse, acho isso mesmo triste.

agridoce disse...

...

É tudo o que me ocorre dizer sobre o teu post.

Lilith disse...

agridoce - Então?!

agridoce disse...

Bom dia!
Tudo o que escreves é verdade. O amor não basta. Só isso.

Beijo e boa terça-feira.

Lilith disse...

agridoce - Boa tarde!! :) Parece que não chega mesmo... Bjs